‘Chegava agressivo e brigava muito com ela’, diz amiga de idosa encontrada morta em BH

Compartilhe:

“Ela (Cláudia) contava que ele era uma pessoa boa, mas que quando bebia se transformava”, conta uma amiga de Cláudia Soares Borges, de 72 anos, encontrada morta no banheiro do apartamento dela com um corte profundo no pescoço. O crime foi no sábado (8) no bairro Vista do Sol, na região Nordeste de Belo Horizonte. 

O principal suspeito do crime é o companheiro da vítima, identificado como Júnior, de aproximadamente 48 anos. Ele foi visto por vizinhos saindo do apartamento com uma bolsa e é procurado pela polícia.

De acordo com a amiga da vítima, que não será identificada, o suspeito do crime “gostava de ir pro bar, beber, chegava agressivo e brigava muito com ela”.

Júnior é suspeito ainda de ter roubado algumas coisas da casa de Cláudia, chegou a ser expulso de casa pelo filho dela, mas Cláudia ficou com dó e o buscou de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *