Brasil recebe 1,5 milhão de doses da vacina da Janssen

Um avião com 1,5 milhão de doses da vacina da Janssen aterrissou no aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo, na manhã desta terça-feira, 22. Esse é o primeiro lote da vacina do grupo Johnson & Johnson a ser entregue no País. O imunizante dispensa a aplicação de duas doses, como pede as outras marcas que estão sendo distribuídas no Brasil, sendo necessária apenas uma.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, estava no aeroporto para receber as mais de 1,5 milhão de “doses de esperança para o povo brasileiro”, conforme ele mesmo classificou. “Essa vacina tem uma vantagem de ser dose única. E, com isso, conseguimos avançar no nosso cronograma de imunização.

Segundo o Ministério da Saúde, esse primeiro lote pode ser utilizado até agosto. A vacina da Janssen consegue ficar em armazenamento por pelo menos três meses e pode ficar em geladeiras comuns, em temperaturas de 2ºC a 8ºC.

Apesar da comemoração, as vacinas chegaram atrasadas. O lote ainda é metade da quantidade prevista para ter sido entregue na semana passada, quando a pasta da Saúde anunciou que seriam 3 milhões de doses enviadas.

O anúncio de que as doses não chegariam na semana passada ocorreu na quinta-feira, 17, quando Queiroga apontou que o motivo seria por “questões regulatórias” dos Estados Unidos, sem dar muitos detalhes.

A compra das vacinas feita pelo governo federal foi anunciada em março e prevê a entrega de 38 milhões de doses. Na ocasião, a previsão era de que seriam enviadas 16,9 milhões de doses até setembro, e outras 21,1 milhões de doses chegariam até dezembro deste ano.

Fonte: Site Terra

Comentários




 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui