Emater-MG: Relatório anual de ações 2020 é apresentado na Câmara Municipal de Montes Claros

O escritório local da Emater-MG em Montes Claros apresentou, nesta semana, à Câmara Municipal, o relatório anual de ações de assistência técnica e extensão rural, onde descreve as ações e projetos desenvolvidos pela empresa no município, e os resultados alcançados no ano de 2020.

O documento foi entregue pelo extensionista Agropecuário Ricardo Alves Froes ao presidente da Câmara, vereador Cláudio Rodrigues. “Ressaltamos que os resultados alcançados somente foram possíveis graças ao empenho do poder público municipal, Executivo e Legislativo, na formação desta parceria por meio de convênio para prestação de serviços de assistência técnica e extensão rural (Ater)”, destacou o extensionista.

O relatório foi apresentado pela Mesa Diretora da Câmara na sessão ordinária desta terça-feira (13/04) e, conforme registrado no documento, a Emater realizou 12.963 atendimentos aos agricultores familiares do município, prestando assistência técnica nas áreas de bovinocultura, cultivo de hortaliças e frutas, comercialização e gestão, segurança hídrica e sustentabilidade ambiental, agroecologia e inclusão produtiva, dentre outras.

Para realizar esse trabalho, o município investiu R$ 421.200 durante o ano e, de acordo com o relatório, foram viabilizados recursos da ordem de R$ 4,8 milhões com a interveniência da Emater-MG. Esses recursos foram destinados ao crédito rural, como Pronaf e outras linhas de custeio e investimento; ICMS Solidário (produção de alimentos), Garantia-Safra, Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), capacitação de agricultores, entre outros projetos.

De acordo com o relatório, para cada R$ 1 aplicado pela Prefeitura de Montes Claros nos serviços de Ater prestados pela Emater-MG, foram viabilizados R$ 11,48 para o município.

O presidente Cláudio Rodrigues destaca que a atuação da Emater é fundamental na promoção do desenvolvimento rural sustentável do município. “Sabemos que o trabalho do extensionista rural potencializa a produção no campo e dá maior efetividade às políticas públicas voltadas para o meio rural, além de fortalecer a economia, promover a integração social e elevar a qualidade de vida das famílias. A parceria do município com a Emater é fundamental para garantir que esses benefícios continuem chagando ao produtor rural”, avalia Rodrigues.

De acordo com o presidente, é importante que essa parceria avance, sobretudo nesse período de pandemia, que desafia aos gestores públicos a construir  melhores soluções para ampliar e garantir a assistência técnica ao produtor rural. “É preciso pensar novas forma de levar o apoio técnico ao homem do campo e para isso precisamos vencer as barreiras tecnológicas, ampliar a conectividade e melhorar o acesso ao sinal de internet e telefonia nas áreas mais distantes dos centros urbanos, de forma que o produtor possa ser conectado a informações relevantes, técnicas e de impacto seu trabalho diário”, pondera.

O relatório demonstra que durante o ano 2020 a Emater integrou diversos conselhos, comitês e grupos técnicos de estudo, como Codema, Consea, Defesa Civil, Comitê de Bacias, Conselho Estadual da Lapa Grande, IBGE, Zoonoses, Coban, entre outros, contribuindo com discussões, deliberações e busca de alternativas visando o desenvolvimento sustentável.

Comentários