Enem: primeiro dia de prova teve 26% de abstenção

 Enem: primeiro dia de prova teve 26% de abstenção

O delegado da Polícia Federal, Cléo Mazzotti, o ministro da Educação, Milton Ribeiro e o presidente do INEP, Danilo Dupas, durante balanço do primeiro dia de provas do ENEM 2021

Compartilhe esta notícia:
Digiqole ad

Cerca de 2 milhões e 300 mil estudantes compareceram aos locais de provas do Enem 2021, nesse domingo. No primeiro dia do exame, os alunos responderam 90 perguntas de linguagens e ciências humanas.

Experiente no Enem, Bibila Acosta, de Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, disse que o tamanho das questões dificultou a administração do tempo. Ela destacou a diferença de provas anteriores.

O tema da redação foi a grande surpresa: “Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”. O estudante Bernardo Sabbag, de Curitiba, gostou da prova, mas o assunto da redação o surpreendeu.

O primeiro dia do Enem teve 26% de abstenção no total. O índice é próximo aos dos exames de anos anteriores, inclusive antes da pandemia. Na versão impressa, dos 3 milhões de inscritos, 25,5% não compareceram. Na prova digital, dos 69 mil candidatos esperados, 46% faltaram. Os dados preliminares foram divulgados pelo Inep, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, comemorou o número de pessoas presentes para realizar as provas e negou interferência nas questões.

A Polícia Federal não registrou intercorrências de segurança relacionadas ao exame. O presidente do Inep, Danilo Dupas, informou que alguns locais tiveram falta de energia. Os alunos prejudicados terão direito à reaplicação, que vai ocorrer em janeiro.

No próximo domingo, dia 28, ocorrem as provas de matemática e ciências da natureza. O Inep divulgará os gabaritos até 1º de dezembro.

Fonte: Radioagencia Nacional

Digiqole ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: