Fiscalização confere segurança de brinquedos vendidos no natal

 Fiscalização confere segurança de brinquedos vendidos no natal
Compartilhe esta notícia:
Digiqole ad

Com a chegada do Natal, quem tem criança já está correndo atrás de presente. E o que muitos pequenos querem mesmo é ganhar brinquedos. E aí vem a preocupação com a segurança do produto.

É o caso da advogada Valesca, de Brasília, mãe de uma menina de oito anos, que diz que se preocupa com a segurança ao procurar um brinquedo para a filha.

A jornalista Maria Gabriela Tomás, mãe de um menino de 2 e outro de 5 anos, fica atenta principalmente ao risco de peças pequenas, que podem ser engolidas.

Para checar os produtos que estão à venda, fiscais do Inmetro, o instituto responsável pela qualidade de produtos industrializados, e do Ipem, Instituto de Pesos e Medidas, estão intensificando a fiscalização de brinquedos, bicicletas infantis e luminárias natalinas. O objetivo é garantir compras mais seguras durante o Natal.

Além da certificação dos produtos, os técnicos vão verificar se os artefatos atendem aos requisitos de segurança e qualidade estabelecidos nos regulamentos.

O selo Inmetro precisa estar impresso ou colado no produto. Brinquedos destinados a crianças e adolescentes de até 14 anos, por exemplo, são avaliados em itens como toxidade, se podem queimar com facilidade, a presença de peças cortantes ou qualquer componente que ponha em risco a saúde da criança. A indicação da faixa etária a qual o produto se destina também é observada durante a fiscalização.

As luminárias natalinas, os conhecidos piscas-piscas, também precisam conter o selo Inmetro nos plugues. Na embalagem, são verificadas se as informações estão corretas e em português. E precisam ainda exibir o nome ou marca do fabricante ou importador, e ainda a voltagem indicada.

Fonte: Radioagencia Nacional

Digiqole ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: