Lucro do FGTS será dividido entre os trabalhadores

 Lucro do FGTS será dividido entre os trabalhadores

Brasília: Prédio da Caixa Econômica Federal. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Compartilhe esta notícia:
Digiqole ad

O Conselho Curador do FGTS, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, se reuniu na manhã desta terça-feira e decidiu, por unanimidade, que 96% dos lucros obtidos pelo fundo, em 2020, será dividido com todos os trabalhadores que tinham saldo positivo na conta até o dia 31 de dezembro passado.

De acordo com o Conselho, nessa data havia em torno de 191 milhões de contas vinculadas, que acumulavam cerca de R$ 436.2 bilhões.

O resultado total, ou seja, o lucro do FGTS foi de cerca de R$ 8,5 bilhões. Com a decisão de desta terça, ficou estipulado que R$ 8,1 bilhões irão para as contas de FGTS dos trabalhadores.

A Caixa Econômica Federal vai creditar os valores até o dia 31 de agosto.

O Secretário Executivo do Conselho Curador, Gustavo Alves Tilmam, comemorou a decisão que reafirma o compromisso do Conselho de sempre oferecer um ganho real e criar uma atração ao FGTS.

Os valores referentes aos fundos do PIS/PASEP, que foram extintos no ano passado e tiveram seus saldos incorporados ao FGTS, também serão acrescidos de parte deste lucro.

A divisão dos lucros do FGTS com os trabalhadores começou a ser feita em 2016. Por força de lei, nos dois primeiros anos, o fundo distribuía 50% dos lucros. Em 2018, foi determinado que 100% dos lucros fossem distribuídos aos trabalhadores. A partir de 2019, o percentual passou a ser definido pelo Conselho Curador do fundo, que é composto por representantes do governo e também da sociedade civil.

Fonte: Radioagência Nacional

Digiqole ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: