OPAS alerta para risco de disseminação da variante delta nas Américas

 OPAS alerta para risco de disseminação da variante delta nas Américas

Vaincação contra covid – Vacina Astrazeneca – Centro de Saúde n°13, 23/07/2021 Fotos: Myke Sena/MS

Compartilhe esta notícia:
Digiqole ad

A Opas, Organização Pan-Americana de Saúde, divulgou um alerta sobre o risco da disseminação da variante delta do coronavírus pelo continente americano nos próximos meses. A delta já é transmitida de forma comunitária em 135 países, sendo 22 nas Américas, incluindo o Brasil. E é uma das quatro variantes que preocupam as autoridades de saúde em escala mundial.

Na semana passada, prefeitos e governadores comentaram sobre a última fase de abertura das atividades no país, como a autorização para grandes eventos e os planos para eventos públicos de Réveillon e Carnaval.

O professor e pesquisador da Universidade Estadual Paulista João Pessoa Araújo Júnior é vice-presidente da Sociedade Brasileira de Virologia. Para ele, o momento ainda exige cautela, principalmente porque a variante delta é transmitida mais rápido que as outras. Segundo João Pessoa, o ciclo de transmissão ainda não foi reduzido no Brasil.

A Opas sugeriu, ainda, que os países se preparem para uma nova onda de casos de covid-19 e retomem os planos de mobilização dos profissionais de saúde e de equipamentos para a possível disparada dos casos de internação com necessidade de UTI. A entidade recomendou a intensificação da testagem e do mapeamento genético do vírus, para descobrir quais cepas estão em circulação.

A Opas também alertou para a necessidade de acelerar a conclusão da vacinação, incluindo a segunda dose para quem tomar as vacinas AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer.

O pesquisador João Pessoa Araújo Júnior também alerta para o risco de que o vírus crie mutações resistentes às vacinas, ao infectar pessoas que tomaram apenas a primeira dose do imunizante.

A Opas ainda recomenda a intensificação das campanhas para que a população mantenha as medidas de distanciamento social, higiene das mãos e uso de máscara.

Fonte: Rádio Agência Nacional

Digiqole ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: