Pesquisadores identificam como ocorreu a disseminação da pandemia

 Pesquisadores identificam como ocorreu a disseminação da pandemia
Compartilhe esta notícia:
Digiqole ad

Pesquisadores brasileiros e estrangeiros analisaram o sequenciamento de genomas do vírus da covid-19 e identificaram como aconteceu a migração de variantes da covid ao longo da pandemia. Também foi observado de que forma as medidas de restrição influenciaram na disseminação das variantes do vírus pelo país e internacionalmente.

As conclusões do estudo foram publicadas na plataforma MedRxiv no mês de outubro.

A pesquisa traçou um panorama de disseminação do vírus desde fevereiro de 2020, quando começou a pandemia, até junho deste ano. Além disso, foi feita uma análise genética de mais de 3800 genomas do vírus Sars-COV2.

Maria Carolina Sabbaga, vice-diretora de Desenvolvimento Científico do Butantan, disse que o estudo revela como o vírus chegou no Brasil e como, posteriormente, o país passou a ser disseminador do vírus internacionalmente.

As análises do estudo também mostram que a região Sudeste foi a que mais contribuiu com trocas virais para outras regiões, com 40%, em seguida veio a região Norte, responsável por 25% dos movimentos do vírus no país.

O estudo destaca ainda que a ausência de restrições de viagens entre as regiões do país, mesmo nos momentos mais agudos da pandemia, permitiu a circulação do Sars-COV2 por todo o Brasil.

Esses estudos genômicos são importantes para determinar o rastreamento e evolução do vírus e são também uma forma de ajudar as autoridades públicas em saúde a formularem estratégias de controle da doença.

Fonte: Radioagencia Nacional

Digiqole ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: