Redação do Enem aborda “invisibilidade e registro civil”

 Redação do Enem aborda “invisibilidade e registro civil”
Compartilhe esta notícia:
Digiqole ad

Pouco mais de 3 milhões de estudantes se inscreveram para fazer o Enem impresso e quase 69 mil escolheram a versão digital. O primeiro dia de provas foi neste domingo, quando os estudantes responderam às questões objetivas de linguagens e ciências humanas, além da única prova discursiva do Exame Nacional do Ensino Médio: a temida redação.

O professor de letras Jacson Martins comentou o tema da redação deste ano que foi “Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”.

Em Brasília, um temporal atrapalhou a chegada aos locais de prova do Enem. A chuva começou ao meio-dia, na hora em que os portões foram abertos, e permaneceu até o fechamento, às 13h.

O Instituto Nacional de Meteorologia já havia declarado alerta laranja para o Distrito Federal devido à chuva intensa. Em um dos locais de prova, na Asa Norte, os fiscais apressaram os estudantes até o último segundo.

O Enem foi aplicado pela primeira vez em 1998 e, este ano, teve o menor número de inscritos desde 2005. A faixa etária predominante é a de 17 e 18 anos. Mas, como os sonhos não envelhecem, mais de 5 mil pessoas com 60 anos ou mais se inscreveram para o Enem deste ano.

No próximo domingo será o dia de fazer as provas de matemática e ciências da natureza.

A EBC, Empresa Brasil de Comunicação, preparou uma página na internet com a cobertura completa do Enem 2021 e a correção das provas. O endereço é ebc.com.br/enem.

Fonte: Radioagencia Nacional

Digiqole ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: