Saúde disponibiliza plataforma de prevenção e controle do tabagismo

 Saúde disponibiliza plataforma de prevenção e controle do tabagismo

Tabagismo, cigarrro

Compartilhe esta notícia:
Digiqole ad

Antônio Carlos de Lima, morador de Brasília, começou a fumar ainda criança, aos 12 anos. Agora, com 44 anos, ele consome duas carteiras por dia. Mas, em apenas uma noite de balada, chega a consumir três carteiras – nada menos que 60 cigarros. Ele sonha em vencer o vício. 

“Para a pessoa parar de fumar assim, tem que ter coragem. É difícil deixar de fumar”. 

É também o desafio diário do instrutor de autoescola Fábio Vieira da Costa. Ele começou a fumar aos 14 anos. Hoje, com 34, consome 40 cigarros por dia. 

“A maior dificuldade, eu acho, de qualquer pessoa que é fumante é a abstinência pelo cigarro”.

Antônio e Fábio ainda não conseguiram largar o vício, mas o número de fumantes está caindo no país. Segundo a pesquisa da Vigitel, em 2016 eles representavam 15,7% da população com mais de 18 anos. Esse número caiu para 9,5% em 2020. A queda mostra o resultado de políticas públicas de combate ao tabagismo, como, por exemplo, a proibição da propaganda de cigarros e as advertências sobre os riscos à saúde estampadas nos maços de cigarro. 

Mas o Ministério da Saúde quer reduzir ainda mais o número de fumantes no Brasil. Para isso, lançou uma plataforma online com conteúdo interativo sobre prevenção e combate à doença: é a Linha do Controle do Tabagismo, voltada para cidadãos, profissionais de saúde e gestores públicos. 

A plataforma vai permitir ao fumante acesso mais rápido aos serviços de tratamento do SUS, como explica a coordenadora-geral de Prevenção de Doenças Crônicas e Controle ao Tabagismo do Ministério da Saúde, Patrícia Lisboa Ribeiro: 

“(O fumante) pode entrar nessa plataforma e ver, de acordo com que ele vem apresentando de sintomas, de dependência, como classificar, por exemplo, seu nível de dependência e saber qual serviço, qual assistência que ele deve procurar”. 

Para chegar à nova plataforma, é só acessar o site do Ministério da Saúde em gov.br/saude/tabagismo.

Fonte: Radioagencia Nacional

Digiqole ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: