Sistemas agroflorestais auxiliam a recuperação do semiárido

 Sistemas agroflorestais auxiliam a recuperação do semiárido
Compartilhe esta notícia:
Digiqole ad

Produtores do semiárido recuperaram áreas degradadas e aumentaram a produtividade em pequenas propriedades com adubação orgânica. Os experimentos realizados ao longo de cinco anos em municípios do Ceará, por pesquisadores da Embrapa, contaram com técnicas simples e de baixo custo.

O analista da Embrapa Eden Fernandes explica que nessas áreas foram criados sistemas agroflorestais, que são a combinação de árvores com cultivos agrícolas e/ou a criação de animais na mesma área. Esses sistemas protegem o solo mantendo a sua cobertura com material orgânico.

O pesquisador Eden Fernandes destacou o desmatamento e a pecuária extensiva como as principais causas de degradação do solo no semiárido brasileiro.

A biodiversidade de plantas que são fontes de adubos orgânicos também favorece a cobertura da matéria orgânica sobre o solo, que ajuda na retenção de água, explica Fernandes. 

A agricultora Regina Sousa tem uma pequena propriedade rural no município de Sobral e participou do projeto da Embrapa. O resultado foi a recuperação das margens de riachos da localidade e agora ela conta com cisterna, já tem plantações de frutíferas e água para os animais.

Já na propriedade do agricultor Francisco de Assis Rodrigues, em Irauçuba, uma área de 4 mil metros quadrados foi cercada pelo projeto e está em fase de recuperação da fertilidade com adubos verdes, com plantas como Sabiá, Jurema e Leucena. 

Segundo o representante da Embrapa, as técnicas desse processo de pesquisa e inovação podem ser aplicadas em outros territórios do semiárido com apoio de políticas públicas.

Fonte: Radioagencia Nacional

Digiqole ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: