SP avalia dar a quarta dose de vacina para pacientes transplantados

 SP avalia dar a quarta dose de vacina para pacientes transplantados
Compartilhe esta notícia:
Digiqole ad

O Comitê Científico de São Paulo, que assessora o governo do estado nas ações de combate à pandemia de coronavírus, está monitorando a eficácia da vacinação entre pacientes transplantados e já fala em uma quarta dose da vacina coronavac para o grupo.

O coordenador do comitê, José Osmar Medina, que também é diretor do Hospital do Rim, explicou que as pessoas transplantadas fazem parte do grupo com a pior resposta imune às vacinas. Mesmo depois de completado o esquema vacinal, o índice de letalidade entre eles ficou na casa de 25%, dez vezes maior que entre a população em geral.

Segundo Medina, mesmo depois da terceira dose, pouco mais da metade dos pacientes conseguiram desenvolver imunidade contra o coronavírus.

Dos 12 mil pacientes transplantados no estado de São Paulo, 21% adquiriram Covid-19 e, de cada quatro pacientes com coronavírus, um paciente morreu. Segundo Medina, a resposta imune dos pacientes transplantados também é ruim entre os que tomaram as outras marcas de vacina que estão sendo aplicadas no país.

Apesar de 99% das doses de reforço que começaram a ser aplicadas em São Paulo serem do imunizante Coronavac, a vacina foi excluída da lista de vacinas recomendas pelo Ministério da Saúde para a aplicação da terceira dose nos grupos prioritários.

Fonte: Radioagencia Nacional

Digiqole ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: